clike para ver mais
clike para ver mais
clike para ver mais
clike para ver mais
clike para ver mais

clike para ver mais

CONTAS 6×5: Maioria vota contra ex-prefeito, mas contas foram aprovadas

Na reunião da Câmara Municipal de Santo Antônio do Amparo, desta terça feira, 29 de abril, a sessão legislativa foi dedicada a debater as contas do exercício de 2012, do ex prefeito Evandro Carrara. Com a casa lotada por pessoas interessadas no desenrolar do assunto, a reunião foi acompanhada por dezenas de cidadãos.

A resolução da comissão de finanças e orçamento votada e aprovada na reunião do dia 08 de abril, opinava pela rejeição das contas, que já tinham recebido parecer prévio pela aprovação no Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE).

O relator da comissão, vereador Joaquim Antônio, fez uma extensa explanação, onde apontou uma série de irregularidades no exercício de 2012, segundo ele, todas apuradas em uma auditoria que foi realizada pela empresa Libertas Auditores, uma das mais conceituadas do estado. O vereador Joaquim Antônio, defendeu que para rejeitar as contas de Carrara, bastavam as sérias suspeitas que pesam contra ele de desvio de recursos da saúde, onde por tais fatos o ex- prefeito já está com seus bens bloqueados e é réu na justiça.

 

Evandro Carrara foi defendido por advogado, que também se manifestou com uma sustentação oral, onde, defendeu que deveria prevalecer o parecer do Tribunal de Contas, pois, as contas estavam tecnicamente regulares e os índices fiscais e constitucionais haviam sido rigorosamente cumpridos e respeitados.

 

6 dos 11 vereadores votaram pela rejeição das contas, além do vereador Joaquim Antônio, Jaqueline Nogueira, Júlio do Hospital, Quênia, Toninho Ferreiro e Márcio Martins.

A favor de Carrara, votaram Marcelo Carrara, Salviano Avelar, Josimar Avelar, José Dias e Luizinho.

Com o resultado de 6 votos contra e 5 a favor, as contas de 2012 foram aprovadas, pois, de acordo com a legislação, para alterar o parecer do TCE, eram necessários maioria qualificada de 2/3, ou seja, 8 votos contra o parecer.

No fim da votação diversos populares protestaram contra os vereadores que foram a favor do ex-prefeito e a polícia militar teve que interceder para acalmar os ânimos.

JULGAMENTO POLÍTICO

Na história recente da Câmara dos Vereadores de Santo Antônio do Amparo, por duas ocasiões a Câmara já havia alterado o parecer do TCE-MG. O mesmo ex-prefeito Evandro Carrara, em 2011 teve suas contas aprovadas, quando o TCE havia emitido parecer prévio por unanimidade sugerindo a rejeição das contas de 2007. Já em 2009, a ex-prefeita Abigail Valladão teve suas contas de 2001 rejeitadas pelos vereadores, quando o parecer do TCE era pela aprovação.