clike para ver mais
clike para ver mais
clike para ver mais
clike para ver mais
clike para ver mais

clike para ver mais

Certidões da justiça estadual agora podem ser emitidas pela internet

As certidões judiciais negativas e positivas emitidas em todas as 296 comarcas do Estado de Minas Gerais já podem ser geradas e impressas pela internet, no Portal TJMG. As certidões judiciais são emitidas em cada comarca e informam se o cidadão tem contra ele algum processo cível e ou criminal em andamento. O documento é normalmente solicitado para admissão em empregos, posse em cargos, participação em licitações, entre outras situações.

Antes, o cidadão precisava se deslocar ao fórum por duas vezes: uma para solicitar a certidão e outra para buscá-la

Antes, o cidadão precisava se deslocar ao fórum de sua cidade por duas vezes – uma para solicitar a certidão e outra para buscá-la. Agora, ele tem a comodidade de emiti-la através de qualquer computador conectado à internet.

Por outro lado, nos fóruns há economia de tempo e de pessoal, pois não há mais o atendimento no balcão para receber e entregar a certidão, sem contar a economia de material (papel e impressora).

Até setembro do ano passado, somente as certidões negativas tinham emissão direta no Portal TJMG. Em caso de inconsistência de dados ou de existência de processos contra o cidadão, o sistema informava da necessidade de o cidadão comparecer ao Fórum para formalizar a solicitação e, posteriormente, buscar o documento.

Com a melhoria do sistema, implantada em setembro na Comarca de Belo Horizonte e expandido para todo o Estado, sempre que a emissão da certidão negativa não for possível, por inconsistência ou pela existência de algum processo, é apresentado ao cidadão um formulário eletrônico de solicitação da certidão positiva.

Após análise dos dados, feitas por servidor treinado, a certidão será emitida e liberada. O solicitante receberá um e-mail informando essa disponibilização do documento no Portal TJMG. A certidão poderá ser visualizada e impressa mediante o número da solicitação gerada no momento do pedido e o CPF. A validação da certidão pelo interessado poderá ser efetuada também no Portal TJMG.